Buscar
  • Orizart

Aonde foi o meu dinheiro?



O que quebra as empresas não é a falta de lucro, mas a falta sistemática de liquidez.(Francisco Barbosa Neto)

Dinheiro entrando, dinheiro saindo... O termo “fechar o caixa” faz parte do dia a dia de todo empresário, seja no ramo do comércio, indústria ou serviços. Infelizmente, se perder neste controle, também faz. Você já se sentiu perdido na bagunça das contas de seu negócio? Sem saber dizer de onde veio o seu faturamento e onde ele foi parar? Fazer um Fluxo de Caixa bem feito é a saída para se organizar financeiramente e garantir disciplina para lidar com os gastos e recebimentos.

Compreender se o fluxo de caixa da empresa é sustentável, ou seja, saber quanto a empresa recebe e quanto ela gasta, é primordial. Se a empresa deixa de acompanhar todos os processos que envolvam entrada e saída de dinheiro, o gestor acaba se deparando com a ilusão da lucratividade.

Entender a diferença entre geração de caixa e lucro é demasiadamente importante para a saúde financeira da empresa. Gerar caixa está atrelado a ter mais recebimentos do que pagamentos, no entanto isto não significa que a empresa é lucrativa. O lucro é representado pela diferença entre o faturamento (+), e os custos e despesas (-), independente se essas variáveis foram recebidas e pagas ou não. Em resumo, podem haver empresas que por algum tempo apresentem um fluxo de caixa positivo sem ter lucro, e empresas com fluxo de caixa negativo, mas com lucro.

É neste contexto que entra a importância dos registros reais de toda a movimentação financeira da empresa, e a ferramenta essencial neste processo é o Fluxo de Caixa.

O Fluxo de Caixa nada mais é, que um instrumento de controle que permite acompanhar as movimentações financeiras de uma organização, através de uma relação de entradas e saídas monetárias realizadas em períodos determinados, tendo no fim de um exercício, uma avaliação mais abrangente da realidade da empresa.

A falta desse controle traz situações comuns, como dificuldade ao pagar fornecedores, problemas com vendas parceladas, impossibilidade de enxergar a real situação financeira da empresa, necessidade de empréstimos ou financiamentos de terceiros, apertos no final do mês e sacrifícios dos sócios.

Estabelecendo um bom controle, é possível gerenciar muito melhor os recursos, sabendo exatamente quanto se gasta em cada área da empresa, quando e com o que esses gastos ocorrem. Tendo esse controle fiel, fica muito mais fácil também definir expectativas futuras e montar um bom planejamento financeiro. Com esse planejamento, é possível se preparar melhor para tomar decisões de investimentos que serão realizados (comprar uma máquina nova, contratar mais funcionários, reformar ou expandir seu negócio para outros locais).

O Fluxo de Caixa é uma ferramenta que fornece aos gestores base para tomadas de decisões assertivas, calculando riscos e projetando cenários futuros. É através deste “mapa” que os custos fixos e variáveis ficam evidentes, permitindo que o empresário possa ter condições de analisar os caminhos que a empresa está tomando, e se de fato estão alinhados com os objetivos da mesma.


As vantagens de controlar o Fluxo de Caixa:

  • Identificar eventuais desvios na utilização do caixa, ou gastos desnecessários dentro de algum processo realizado na empresa;

  • Analisar se os recebimentos estão maiores que os pagamentos e, caso não estejam, observar o motivo de estarem negativos e criar planos de ação para reverter este cenário;

  • Realizar projeções que possam ajudar a empresa a se planejar financeiramente;

  • Avaliar o melhor momento para fazer novas aquisições, repor estoques ou até mesmo fazer investimentos, planejando para que os desembolsos ocorram simultaneamente à geração de caixa, evitando que a empresa fique no vermelho.

0 visualização
CONTATO

(47) 9.9600.8162

(47) 9.9245.6943

Presidente Getúlio | SC

ORIZART SOLUÇÕES EMPRESARIAIS © 2018. Todos os direitos reservados.

ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS

  • facebook-logo-button (1)
  • linkedin-button

Contate-nos no Skype